Clique nas imagens abaixo para abrir as ferramentas.

Neste aplicativo online você poderá visualizar o pergaminho de Isaías, o mais antigo manuscrito que existe. O site também possui outros rolos encontrados no Mar Morto. 

Excelente para comparar com as traduções atuais.

O códice de papiro foi encontrado em 1931. Ele contém os livros bíblicos de Ezequiel, Daniel e Ester na versão Septuaginta e foi criado em torno do ano 200 dC por dois escritores. Clique e visualize.

Codex Sinaiticus, manuscrito da Bíblia escrito em meados do século IV, contém a mais antiga cópia completa do Novo Testamento. O texto escrito à mão está em grego. Aparece no idioma vernáculo original (koiné) e do Antigo Testamento na versão, conhecida como a Septuaginta.

 

O Aleppo Codex é um manuscrito completo de toda a Bíblia, que foi escrito em emados de 930. Por mais de mil anos, o manuscrito foi preservado em sua totalidade nas comunidades judaicas importantes no Oriente Médio: Tiberíades, Jerusalém, Egito, e na cidade de Aleppo, na Síria. Essa foi a forma como os massoretas trabalharam para preservar o texto exato da Bíblia e da tradição de leitura.

O Códice de Leningrado é um dos mais antigos e completos manuscritos do texto massorético da Bíblia hebraica, escrito em pergaminho e datado de 1008 EC, de acordo com o Colophon (book), é a cópia completa mais antiga das Escrituras Hebraicas do mundo. Este manuscrito serve como texto básico para modernas traduções da Bíblia, e encontra-se na famosa Biblioteca Pública de São Petersburgo Leningrado, Rússia.

Biblos possui busca e ferramentas de estudo, incluindo textos paralelos, referências cruzadas e comentários. Este site fornece acesso rápido a estudos temáticos, interlineares, textos em grego e hebraico, strong e outros recursos.